Total de visualizações de página

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Faceless crowd




É fácil substituir pessoas.
Algo que eu aprendi como você.
Qualquer prazer efêmero pode ser obtido na lascívia da rua.
Foi depois de me despir diante dos teus olhos
que eu percebi como eu era por dentro.
Podre, sem vida, morta.
Morta como todo sentimento que um dia eu cultivei por ti.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Prisioneira do vazio



Solidão carcereira das minhas horas,
Entra e sai quando bem quer.
Faz-me refém de teus perturbadores silêncios.
Faz- me refém das horas vazias de meus dias vagarosos.
Contas minhas lágrimas em seu ábaco,
Segue a gargalhar de meus dolorosos suspiros.

domingo, 10 de agosto de 2014

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Desafeto




Lágrimas copiosas brotam continuamente de meus olhos,
Elas caem sistematicamente tentando ocupar o vazio deste desafeto que cresce entre nós.

Eu esperava mais de você,
Eu esperava mais de mim.

Mas, as lágrimas sempre vêm como o prelúdio do fim de algo que pouco a pouco fenece, degenera e morre.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Triste e sonolenta


"Now I'm old and feeling grey. 
I don't know what's left to say about this life 
I'm willing to leave.
I lived it full and I lived it well, 
there's many tales I've lived to tell. 
I'm ready now, I'm ready now, 
I'm ready now to fly from the highest wing.

I had a dream"

( Dream- Priscila Ahn)

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Despertar



Como um sussurro ele entrou na minha vida..
Não sei como explicar o jeito como ele me despia com os olhos do jeito que você fazia com as outras e não comigo.

edesnudava minha alma,
E me amava como uma chama invisível, dessas que queimam a gente por dentro sem que se perceba quando ela começou. 
Ele fez de mim sua morada,
Seu refúgio,
Sua vida.

Nossos corpos se fundiram,
Nossas almas se encontraram, 
Ele me tinha por inteiro.

Ele não era você e isso me bastava.
 

Sobre o silêncio das horas


Passo metade dos meus dias sozinha,
Na outra metade fico me perguntando se sou boa o bastante para você.
Acho que não.... 

O vazio me consome.